THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

Pare o mundo que eu quero descer ...


Raul Seixas

tentando fazer poesia
do que me arranca a Alma,
ela mesma, mesmo que seja em pranto ...

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Lágrimas



minhas lágrimas são de sangre

porque num mundo de dor

onde a fome mata crianças

onde as crenças de um Deus vingativo persiste e mata

onde a ambição e o poder derruba tudo e todos

onde a mentira ultrapassa e maltrata

onde a maldade prevalece ...

minhas lágrimas só podem, assim, ser!!



Analuz



0 comentários:

Aquilo a que a lagarta chama fim do mundo, o homem chama borboleta.
(Richard Bach)

Somos prisioneiros da vida e temos que suportá-la até que o último viaduto nos invada pela boca adentro e viaje eternamente em nossos corpos

Raul Seixas

Mensagens populares