THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

Pare o mundo que eu quero descer ...


Raul Seixas

tentando fazer poesia
do que me arranca a Alma,
ela mesma, mesmo que seja em pranto ...

domingo, 15 de maio de 2011

Nasci Para amar-te





amo-te, és parte de mim, osso do meu osso, carne da minha carne, sangue do meu sangue, energia  saída de  mim...

aquele que amo mais do que eu, como os seus sonhos, que mos entrega, puramente...,  e que me fazem ter um orgulho que não é deste mundo, me transmite que não consegue viver na vida, esta vida, como  eu quero que viva, eu quero, seguro, e quero, que aceite as oportunidades que só Deus lhe dá, como que um escolhido, entre muitos, não por o conhecerem bem, mas apenas por terem olhado e falado com ele, segundos, meio, um minuto, o sentirem, e sentirem quem ele é ... e que vale apena apostar nele ... que é ....

orgulho tenho, o único, na minha vida inteira, que diga a mim, todos os dias, sinto, penso, que valeu a pena viver esta vida, aqui vir, apenas para te ter tido, te amo com orgulho e para amar-te eu nasci... apenas para isso ... e mais nada, acredita... mais nada

amo as tuas perguntas, tuas respostas, tuas dúvidas , tuas certezas, o que dizes, o que calas, o teu cheiro, a tua simplicidade, a tua altivez mostrada na tua timidez, que te faz iressístível ... só presente em ti....

amo as tuas as alegrias, tuas tristeza, teus instantes, poucos que passo contigo, porque para te dar aquilo que precisas...

amo o que dizes e o que pensas, tua crises e calmas, tua carne e alma.... o que tu.... eu amo...

e tenho orgulho de te amar, pois nasci para isso, e amo o teu céu o teu inferno...e sofro contigo nele mesmo, mas sempre com orgulho de quere-te...

amo o que vejo, o que és... o que te tornastes e o que imaginas, o que entregas e o que escondes, e contigo acompanho-te nos teus anseios, desejos, E tudo o que és ...

aquilo que ofereces, me ofereces, quando estou contigo... apenas contigo... nos poucos momentos, e vejo-te sorrir, e fecho os olhos e vejo-te sonhar quando eras pequenino, e sempre fostes em busca do teu sonho, e nada te faz demover dele.... eu sei

minha impotência, de conseguir ajudarte.... e sonhar, todos os dias, com o teu êxito... que sei que vais alcançar...

porque és parte de mim, és eu ... numa parte... que prosseguiu e saiu de mim.... para ser aquilo que sempre quiz e não consegui.... apenas porque tu aparecestes e desisti dos meus sonhos ... por ti.... e por isso peço-te.. segue o caminho que queres... sempre.... por mim... e por ti, principalmente por ti... e porque te amo mais que tudo que existe e não existe.....


e porque tu és eu.... sem fim....




0 comentários:

Aquilo a que a lagarta chama fim do mundo, o homem chama borboleta.
(Richard Bach)

Somos prisioneiros da vida e temos que suportá-la até que o último viaduto nos invada pela boca adentro e viaje eternamente em nossos corpos

Raul Seixas

Mensagens populares