THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

Pare o mundo que eu quero descer ...


Raul Seixas

tentando fazer poesia
do que me arranca a Alma,
ela mesma, mesmo que seja em pranto ...

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Eu



sabes

meu sentir, já não é sentir
já não vivo
já não sinto a Vida, em mim

apenas

vivo
sobrevivo
....

Analuz

2 comentários:

Vera Lúcia disse...

Oi querida,

Nada disso! Há muito para se viver.
Desperte o ânimo nesta alma e parta para a vida, para o sentir.
Vale a pena!

Beijão.

SOL da Esteva disse...

Analuz, Querida

Sobreviver vivendo, é magnífico.
Vegetar num lamento seria terrível.
Poema para reflectir.

Beijos

SOL
http://acordarsonhando.blogspot.com/

Aquilo a que a lagarta chama fim do mundo, o homem chama borboleta.
(Richard Bach)

Somos prisioneiros da vida e temos que suportá-la até que o último viaduto nos invada pela boca adentro e viaje eternamente em nossos corpos

Raul Seixas

Mensagens populares