THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

Pare o mundo que eu quero descer ...


Raul Seixas

tentando fazer poesia
do que me arranca a Alma,
ela mesma, mesmo que seja em pranto ...

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Viver, apenas ...





Viver

sem ter

sem provar o cálice da provação

sem ter sentido percorrer, meu corpo

o arrepio da paixão no meu ser

viver

e morrer, sem viver e amar, na plenitude

e ficar gravada em mim, na alma

a falta que sinto de um amar

de um querer, extremo, 

que, aqui, sei, que estou ora,

não posso viver

porque não existe

neste mundo, 

um amor assim ...

eu sei!!


Analuz

0 comentários:

Aquilo a que a lagarta chama fim do mundo, o homem chama borboleta.
(Richard Bach)

Somos prisioneiros da vida e temos que suportá-la até que o último viaduto nos invada pela boca adentro e viaje eternamente em nossos corpos

Raul Seixas

Mensagens populares