THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

Pare o mundo que eu quero descer ...


Raul Seixas

tentando fazer poesia
do que me arranca a Alma,
ela mesma, mesmo que seja em pranto ...

sábado, 25 de junho de 2011

amor ...




alguém já sentiu?? ...


alguém já sentiu, fazer-se parte de um outro...  como se fosse ele mesmo ...


sentir na pele a outra pele ao ponto de pedir a Deus que isso nunca acabe?


sentir o outro mesmo que esteja longe, em pensamento constante, delirante, que consome!!


sentir o outro em corpo, alma, como fizesse parte de si, como se não conseguisse viver, como se lhe faltasse o ar, para respirar, a sufocar ....


alguém já sentiu...


chorar por dentro, de alegria, estremecer de prazer, sómente com um simple olhar, de um outro ???....


quando as peles se roçam sem querer, saber, saber no íntimo, sem lugar a quaisquer dúvidas, com uma fé que mata, que esse roçar faz parte de si, já fez parte de si e não se sabe de onde??


que és tu, que vive, num outro, separadamente ...


alguém já alguma vez sentiu...

um sentir e desejar que tudo de bom e que se possa imaginar o outro sinta, viva ... mesmo que nos magoe ?


pedir a Deus


que esse outro nunca sofra


nunca chore


nunca entristeça


nunca se magoe

e se Deus não te ouve, esse sofrimento, chora,  tristeza, mágoa, te mata por dentro, te rasga, te retira anos de vida???


alguma vez alguém sentiu


um outro, 


chorar as tuas lágrimas, sofrer ao teu lado, como se fosse sua a dor!!?


agarrar-te quando na vida perdes as forças??? ....


e dizer-te, baixinho, tu consegues!! eu estou aqui!!


tentar-te reeguer-te quando mesmo as suas forças estão fracas!


dar-te a mão, quando estás no chão da vida, no fundo, e elevarte??  ... 


e já alguma vez sentiu 
um outro, como se fosse si mesmo, como se só existem-se e mais nada??  como se o mundo não existisse ao redor, como tivessem nascido apenas para se encontrarem...
sentir corpo no corpo, alma na alma, suar os dois, sentir-se fundir num só como nada mais importa-se? 


alguém alguma vez sentiu ser amado assim??


EU NÃO !!!

































0 comentários:

Aquilo a que a lagarta chama fim do mundo, o homem chama borboleta.
(Richard Bach)

Somos prisioneiros da vida e temos que suportá-la até que o último viaduto nos invada pela boca adentro e viaje eternamente em nossos corpos

Raul Seixas

Mensagens populares