THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

Pare o mundo que eu quero descer ...


Raul Seixas

tentando fazer poesia
do que me arranca a Alma,
ela mesma, mesmo que seja em pranto ...

terça-feira, 28 de junho de 2011

NOBODY complete my soul



NO TEMPO QUE ATÉ ORA VIVI


NO DECORRER DA VIDA, MINHA,


NOS ENCONTROS E DESENCONTROS DELA MESMA


NA CORRIDA, NO  VAI E VEM


NO SENTIR, O SOL, A CHUVA, NA PELE


QUE QUEIMA E REFRESCA


NO INTERIOR DO MEU CORAÇÃO

ATÉ ORA


NINGUÉM COMPLETOU A MINHA ALMA

NINGUÉM A RESGATOU


NINGUÉM A RASGOU, DE ALTO A BAIXO, 


NINGUÉM A VIVENCIOU COMO ELA REALMENTE É, SEMPRE FOI 


AQUI, ONDE ORA ME ENCONTRO


NUM MUNDO QUE NÃO PERTENÇO

NUM MUNDO QUE NÃO ME COMPLETA, 


PORQUE, SOU,APENAS SOU, COMO SOU,

NINGUÉM ME ALCANÇOU


NO MEU SENTIR, NO MEU ASPIRAR


DE SER E SEGUIR SENDO QUEM ME OPUS SER, SEMPRE


EU MESMA, ROLANDO E ROLANDO, NO MEU PRÓPRIO VIVER


NA BUSCA, INTERNA E EXTERNA DE SER COMPLETA, PARA ALGUÉM,


GARANTO, VIVAMENTE, 

E GRITO, NA ALMA,


NINGUÉM COMPLETOU A MINHA ALMA ...




















0 comentários:

Aquilo a que a lagarta chama fim do mundo, o homem chama borboleta.
(Richard Bach)

Somos prisioneiros da vida e temos que suportá-la até que o último viaduto nos invada pela boca adentro e viaje eternamente em nossos corpos

Raul Seixas

Mensagens populares