THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

Pare o mundo que eu quero descer ...


Raul Seixas

tentando fazer poesia
do que me arranca a Alma,
ela mesma, mesmo que seja em pranto ...

domingo, 17 de julho de 2011

espectacular




sentes?

sentes dentro, no fundo de ti quem és?

sentes, que a tua realidade, por vezes, não é a realidade de quem te rodeia

faz parte da tua?

sentes, consegues sentir, vislumbrar, a maravilha de quem és?

as tuas experiência na vida, só tuas, irrepetíveis,

o que tu vês, em cada instante, na tua realidade, só tu vês?

que neste momento, se olhares para o que te rodeia, só tu o estás vendo, assim?? dessa forma??

sentes, que o teu mundo não é o do outro,

que a tua mente não acompanha, segundo a segundo a mente do outro?

que ela navega por mares só teus?

e vives,

num mundo que só a ti pertence, mesmo que estejas rodeado por todos

e que é só teu, és só tu?

que quando choras, ou ris, porque  o sentes dentro, és só tu que o fazes, 

e que eles estão aí, apenas, para te fazer sentir, viva (o),

para conseguires, tu, apenas te localizar, nas experiências que trocas com eles

saber, reconhecer o que vai dentro de ti, que não reconhecestes ainda ....

porque apenas existe tu, eu, e todos, em cada seu mundo particular....

sendo só um, em cada experiência de vida,

mas acompanhados  pelo outros, para te conheceres, e confrontados com suas verdades,

descobrires ou reconheceres a tua?

e vires a saber quem realmente és, um ser espectacular, que se procura, sempre

e na companhia, nas vivências com o outro, se reencontrar, a si mesmo?

entendes, sentes, como eu sinto?

que estamos realizando um sonho de querer aperfeiçoar-nos até à exaustão, mas que para isso

ter que viver nosso mundo, com todas as dores, alegrias, e viveres

compartilhando,

para sentir e acreditar,
e aos poucos, acordar  para quem tu realmente és, espectacular ... sempre

que apenas somos só um, na busca do mesmo caminho

o caminho da ALMA?

sentes, sentes como eu sinto, assim??

0 comentários:

Aquilo a que a lagarta chama fim do mundo, o homem chama borboleta.
(Richard Bach)

Somos prisioneiros da vida e temos que suportá-la até que o último viaduto nos invada pela boca adentro e viaje eternamente em nossos corpos

Raul Seixas

Mensagens populares